CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > SEDE DA CUT EM ALAGOAS É ALVO DE DISPAROS DE ARMA DE FOGO

Sede da CUT em Alagoas é alvo de disparos de arma de fogo

30/10/2018

Presidenta da entidade informou que foi registrado um boletim de ocorrência para que a Polícia Civil investigue o caso

Escrito por: Redação CUT


A sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Alagoas foi alvo de dois disparos de arma de fogo na noite deste domingo (28), entrando para o número de ataques de eleitores pró-Bolsonaro depois da vitória do candidato do PSL à Presidência.

A CUT informou que ninguém foi ferido, pois os tiros foram apenas na placa de entrada, livrando também o prédio da sede. À imprensa sindical, trouxe também o relato de um vizinho que afirmou terem ocorridos em torno das 19h30 e 20h, logo após a confirmação da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na disputa presidencial deste ano. “Foram vários tiros. Creio que descarregaram a arma toda e acho que atiraram do terreno baldio que tem aqui ao lado. Não saí à rua no momento dos tiros, apenas após. Logo que vi os furos na placa da CUT comuniquei ao pessoal da entidade que tenho contato”, afirmou assustado.

A Polícia Militar (PM), além de fazer campanha, também agrediu os militantes pró-Haddad em diversos pontos do país.

Prova disso, em um dos muitos vídeos divulgados nas redes sobre as agressões, aparecem policiais militares marchando logo após a divulgação do resultado eleitoral. A assessoria de Comunicação da Polícia Militar de Alagoas, disse que os PMs não estavam celebrando a vitória do capitão reformado do Exército, mas em “retorno do serviço eleitoral que durou aproximadamente 48 horas, e em nenhum momento os cânticos realizados pelos alunos tinha alusão a qualquer candidato, mas sim a temas específicos da formação militar”.

Em Fortaleza, diversos jornalistas foram agredidos por PMs ao cobrir a comemoração dos apoiadores de Jair Bolsonaro na noite deste domingo. As denúncias por todo o país chegaram a mais de 150 casos de agressões da extrema-direita contra militantes de esquerda. Em Salvador (BA), uma jovem com uma camisa do PT e adesivos dos Comitês de Luta contra o golpe, foi brutalmente agredida por policiais militares. Já em Niterói (RJ), carros do Exército desfilaram ovacionando Bolsonaro também na noite deste domingo.

Confira a nota da CUT Alagoas abaixo:

NOTA DE REPÚDIO

A Central Única dos Trabalhadores em Alagoas (CUT) repudia veementemente o ataque sofrido pela entidade na noite desse domingo (28), a placa de sinalização de sua sede, no Bom Parto, foi alvo de disparos de arma de fogo. O incidente ocorreu logo após a confirmação do resultado das eleições para a Presidência da República. A direção da Central considera o caso uma ameaça à democracia e já formalizou denúncia à Polícia para que seja instaurado um inquérito que aponte os responsáveis. A sociedade não pode aceitar atos de intolerância e violência sob qualquer motivação. A Central continuará desempenhando seu papel de defender os direitos da classe trabalhadora e lutar por uma sociedade mais justa e solidária.

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Facebook Twitter Contracs Fecesc Fetrace Fetracom-DF Fetracom-PB Fetracs-RN Fetracs Conexão Sindical Rede Brasil Atual

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br