CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > 16 DE OUTUBRO: DIA DO INSTRUTOR DE AUTO-ESCOLA

16 de outubro: Dia do Instrutor de Auto-Escola

01/01/2011

Escrito por:

Com profissão regulamentada há 1 ano, profissional é figura importante em campanhas pela segurança no trânsito

Domingo, 16 de outubro, é o Dia dos Instrutores de Auto e Moto-Escola. Com o dom do equilíbrio emocional, para passar tranqüilidade às pessoas que estão aprendendo a dirigir, o instrutor de trânsito deve ter idade mínima de 21 anos, certificado de curso específico na área, não ter cometido nos últimos 30 dias qualquer infração grave no trânsito, e nenhuma gravíssima nos últimos 60 dias, possuir ensino médio completo, ter feito curso de direção defensiva e primeiros socorros, entre outros.

O instrutor de auto-escola deve defender a prática da direção defensiva, numa época em que a violência no trânsito é comum em todo o Brasil. Uma das responsabilidades desse trabalhador é conscientizar o futuro condutor da necessidade de atitudes solidárias no trânsito.

Do ramo dos serviços, a categoria vem conquistando seus direitos aos poucos e com muita luta. A principal conquista aconteceu em agosto de 2010, com a regulamentação da profissão, após dois anos de mobilização de trabalhadores e trabalhadoras, desde a aprovação do Projeto de Lei 173/2008 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

A regulamentação da profissão vem para garantir a dignidade e valorização da categoria, o direito à defesa em casos de punições, a proteção na aposentadoria, entre outras garantias de direitos comuns a profissões regulamentadas.

Atualmente, as reivindicações são por salário digno com piso nacional, Infra-estrutura nas cidades e nois locais de treinamento, e acima de tudo fazer com que o poder público olhe para estes profissionais como formadores, não só de opinião, mas de cidadãos que respeitam as leis e preservam vidas.

“Aos trabalhadores nada é dado de graça, tudo é conquistado com muita luta. Vamos continuar lutando juntos pelos nossos direitos, juntos somos fortes, somos CUT”, considerou Lucilene Binsfeld, presidenta da CONTRACS/CUT.

Para Eli Almeida, presidente da Federação Nacional dos Instrutores de Auto e Moto-Escola (FENAINST) e diretor da CONTRACS/CUT, o Dia dos Instrutores é comemorado com a vitória de um ano de profissão regulamentada, apesar de a luta ainda estar longe de ser decidida.

"Infelizmente hoje existe um movimento muito grande da Federação patronal para fragilizar a formação dos Instrutores, buscando precarizar salários e aumentar o lucro das Empresas. Queremos mais empenho na aprovação do Projeto de Lei que extigue a obrigatoriedade de aulas noturnas", afirma Eli.

Segurança no trânsito

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou a década de 2011 a 2020 como a de ações para a segurança no trânsito. Nesse período, cada país terá de cumprir a meta de reduzir em 50%os acidentes de trânsito.

Os dados explicam o porquê. Mais de meio milhão de pessoas sofrem acidentes de trânsito todo ano, sendo esses a principal causa de morte de crianças de 1 a 14 anos no Brasil. Por ano, mais de 49 mil pessoas são atropeladas no país.

O Brasil participa da campanha da ONU com o movimento “Parada – Pacto Nacional pela Redução de Acidentes de Trânsito”. Tudo isso para mudar o cenário negativo que conta com jovens dirigindo sem habilitação, motoristas embriagados, imprudência, desrespeito á sinalização de trânsito e falta de educação de condutores e pedestres.

Sindicato em campanha

          

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Pato Branco aderiu à campanha, produzindo materiais e folders explicativos, que foram distribuídos à sociedade, com o objetivo de conscientizar as pessoas no trânsito.

Para a presidenta da CONTRACS/CUT, a responsabilidade dos instrutores de auto e moto-escola é de cumprir e fazer cumprir as horas aulas, para passar segurança a quem está aprendendo.

“Esses trabalhadores tem uma importante missão junto à sociedade: dar instrução aos novos motoristas para que possam contribuir com a luta pelo trânsito mais humano e solidário. E não menos importante é a mobilização dessa categoria na luta pela manutenção e ampliação dos direitos. A CONTRACS conta com cada um e cada uma para conquistarmos cada vez mais, tanto para os trabalhadores como para a sociedade”, afirma Lucilene.

Escrito por Patricia Ferreira

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br